Sua ausência, minha dor.

Tumblr_ld1wmekoml1qdkgi3o1_500_large
O gosto amargo de café na boca parece perfeito para as lágrimas tristes que despencam pelo meu rosto, o corpo implora por descanso, a alma implora por amor. Tenho me sentido tão vazia… É como se uma ventania pudesse me levar pra longe, e talvez essa ventania toda esteja acontecendo dentro de mim. E a confusão se cria, outra vez. Posso escutar o grito incansável que preenche a loucura do meu interior. Posso sentir a dor intocável destroçando meu peito. E meu coração bate tão rápido, o tempo todo, como se cada momento fosse o último. As horas passam lentamente, quanto isso irá durar? Quanto posso suportar? Meus olhos doem, minha voz me trai. Sinto que minha armadura está se despedaçando muito rapidamente, e agora disfarce nenhum poderá me proteger. Estou exposta ao mundo e preciso me esconder. Está começando a esfriar e eu me sinto desprotegida e sozinha. Acabo de correr pela noite, fugindo da chuva que acaba de começar. É como se o mundo chorasse, em meu nome, por tua ausência… Diga-me que tudo ficará bem. Preciso da fuga, do alento, preciso de um lugar seguro. Diga que será assim, pra mim. E eu prometo suportar tudo o que me for imposto, desde que eu esteja contigo.
“Então me avise quando você ouvir meu coração parar. Você é o único que conhece. Me avise quando ouvir meu silêncio, há uma possibilidade de eu não saber. Então me avise quando meu silêncio terminar. Você é o motivo pelo qual me fechei, então me avise quando me ouvir caindo, há uma possibilidade de isso não se mostrar. Pelo sangue e por mim, eu cairei quando você se for.”
Possibility – Lykke Li.

 

@viajantejeans

Daniela Filipini – http://danielafilipini.blogspot.com/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Verdade Feminina

A arte de saber a hora de se apegar e a hora de deixar

"Paraibana, modelo, detesta o meio termo. Pra mim só existe o sim, ou o não; O preto ou o branco. Odeio quem fica em cima do muro, ou ter que ficar em cima dele."

welcome

  • 546,328 acessos diários

" se tudo que quiséssemos acontecesse de uma hora para outra. Teriamos respostas para todas nossas perguntas e dúvidas, saberiamos o verdadeiro significado do amor e porque o céu é azul! "

Sabe quando você sente que precisa escrever mas não escreve porque tem medo de sentir?

Procurando

Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.

@viajantejeans

Contato ,dicas & criticas

jeansviajante@hotmail.com

%d blogueiros gostam disto: