Onze minutos.

Fecho os olhos em busca de qualquer lembrança que me traga uma história, uma história como aquela que vi nascer e hoje vive tão perto de mim. Uma história que não posso deixar acabar. Não falo das minhas paixões desenfreadas ou da intensidade que por instantes amo alguns seres. Mas dessa certeza de que tudo irá acontecer exatamente como deve acontecer.
Nada me vem à mente, se não palavras antes já ditas ou sentimentos mortos que revivem por segundos e voltam ao seu estado imóvel. Como se estivesse prestes a explodir.
E o que poderia ser dito, diante dessas vozes que me envolvem, nas quais apenas uma se torna verdadeiramente audível. E são palavras ditas do mais profundo de sua alma, palavras que clamam, imploram por serem ditas. E entre lágrimas e soluços e suspiros, ganham vida. E a partir do momento em que vivem, tornam-se eternas na lembrança. Lembrança dos olhos que vêem, da alma que sente, do coração que pulsa. E tudo transforma-se em um só ser. Resultando no que chamamos de amor.
Momentâneo, talvez… Passageiro…
Mas, amor.

Frio. Dentro. Fora.

@viajantejeans

Daniela Filipini – http://danielafilipini.blogspot.com/

Anúncios

0 Responses to “Onze minutos.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Verdade Feminina

A arte de saber a hora de se apegar e a hora de deixar

"Paraibana, modelo, detesta o meio termo. Pra mim só existe o sim, ou o não; O preto ou o branco. Odeio quem fica em cima do muro, ou ter que ficar em cima dele."

welcome

  • 546,324 acessos diários

" se tudo que quiséssemos acontecesse de uma hora para outra. Teriamos respostas para todas nossas perguntas e dúvidas, saberiamos o verdadeiro significado do amor e porque o céu é azul! "

Sabe quando você sente que precisa escrever mas não escreve porque tem medo de sentir?

Procurando

Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.

@viajantejeans

Contato ,dicas & criticas

jeansviajante@hotmail.com

%d blogueiros gostam disto: