Mais do que eu podia imaginar – Parte 12

  Tumblr_ll6m48bkph1qajnsxo1_500_large

Parte 12,3,4,5,6,7,8,9,10 ,11 ,12

Desci e tava todo mundo lá embaixo no café da manhã, a recepção tava maravilhosa cheia de comida boa. Depois de um longo descanso, voltamos pro quarto e ficamos lá jogando cartas. Seria um bom jeito de relaxar, e rirmos a tarde inteira… não iria-mos sair pra balada e nem pra encher a cara aquela noite,marcamos mesmo pra jogar um boliche e pegar uma comida chinesa. Tudo ocorreu como planejamos.

E sobre eu e o gui, tava tudo normal. Parecia até que nem tinha acontecido nada,ele nem ficou com raiva. Conversava-mos normalmente. Passaram-se os dias e chegou a hora de voltar pra casa. Dormi várias horas, quando me deparei já estava no aeroporto do rio de janeiro, pronta pra chegar em casa.

Dez dias depois…

Sai do banho e tinha uma ligação no meu celular, quando retornei, recebi a noticia de que meu ex ficante havia falecido. Que choque pra mim, me lembro de ter capitulado o que tinha ouvido ,e olhei por uma fração de segundos para a janela do meu quarto que estava com a persiana aberta, e tudo ter apagado. Acordei no hospital com uma puta agulha no braço, uns tubinhos no meu nariz,eu estava recebendo soro.

O arthur era um amigo do colégio, a gente tinha uns rolinhos e ao mesmo tempo éramos amigos. Meu deus, eu não saberia continuar daqui pra frente. Passei por várias sessões na psicóloga e parecia que meu sufoco não adiantava. Estava com atestado na escola por tempo indeterminado, eu não conseguia estudar e nem fazer nada. Daí que minha mãe decidiu que eu voltaria pra casa da theresa, em nova york. Um tempo livre,pra ver se eu conseguia me recuperar.

Quando vi ela no aeroporto e me deu um abraço apertado,chorei por mais alguns minutos. Ela sabia a importância. Os dias foram se passando na casa dela e tudo estava parecendo melhorar. Até eu acordar assustada, eu estava meio que em transição quase acordada e quase dormindo. Quando eu senti algo acariciar meu rosto, e quando abri uma brecha do olho ,era o arthur. Fechei os olhos apertando-os com força, depois abri e tudo tinha sumido. Deveria ser um sonho. Comecei a chorar assustada, o guilherme ouviu – o meu quarto era do lado do dele – e a deu 3 batidinhas com os dedos na porta do quarto, que estava meio aberta. Sentei na cama, enxugando o rosto. Ele se aproximou de mim, limpou uma lágrima que eu havia deixado. E me deu um cheiro na bochecha. Fiquei meio receiosa a ultima coisa que eu queria era me envolver com alguém. Não agora.

@viajantejeans

0 Responses to “Mais do que eu podia imaginar – Parte 12”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Verdade Feminina

A arte de saber a hora de se apegar e a hora de deixar

"Paraibana, modelo, detesta o meio termo. Pra mim só existe o sim, ou o não; O preto ou o branco. Odeio quem fica em cima do muro, ou ter que ficar em cima dele."

welcome

  • 541,970 acessos diários

" se tudo que quiséssemos acontecesse de uma hora para outra. Teriamos respostas para todas nossas perguntas e dúvidas, saberiamos o verdadeiro significado do amor e porque o céu é azul! "

Sabe quando você sente que precisa escrever mas não escreve porque tem medo de sentir?

Procurando

Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.

@viajantejeans

Contato ,dicas & criticas

jeansviajante@hotmail.com

%d blogueiros gostam disto: